senai

sesi

Professor Enooc

Professor Enooc

Temusados

Temusados

Hega Festas

Hega Festas

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
terça-feira, 26 de abril de 2016

Dia Nacional da Caatinga será comemorado na Embrapa em Petrolina

A Embrapa Semiárido realizará, no dia 28/04/16, a partir das 08h30, em suas dependências, uma comemoração em homenagem à Caatinga, com exposições e visitas à Trilha Ecológica.

O evento tem como público alvo professores e estudantes de ensino fundamental e médio de escolas públicas, do IFPE e do IF Sertão Pernambucano

A programação será a seguinte:

8h30 - Abertura do Evento no Auditório Geral da Embrapa Semiárido 

9 h às 11h30 - Exposição sobre a Caatinga no Hall:
  • Estandes, minibibliotecas, Ecoteca (coleções da Carpoteca, Xikloteca e Zooteca) e do laboratório de Biotecnologia: técnica de micropropagação de mudas de maracujá-nativo.
  • Exposições do Exército Brasileiro – 72 BI e da UNIVASF - CEMAFAUNA -
9h às 10h30 - Visitas à Trilha Ecológica da Caatinga: Durante o percurso, os visitantes conhecerão de perto a criação de abelhas nativas – Meliponário, e algumas espécies da flora.

10h30: Lanche no Hall da Embrapa Semiárido

11h30 – encerramento

Podar ou eliminar uma árvore sem autorização de órgão ambiental é crime, alerta Agência petrolinense

Seja na calçada das casas, em praças ou equipamentos públicos, as árvores contribuem para uma melhor qualidade de vida da população, através da produção de oxigênio, filtragem da poluição do ar, redução da temperatura. Além disso, servem como produtoras de sombra, habitat natural de pássaros e contribuem para o projeto paisagístico da cidade. Petrolina, através da Agência do Meio Ambiente (AMMA), tem intensificado o processo de arborização, através da distribuição de mudas de espécies da Caatinga. Mas para que estas plantas cumpram com suas funções, além de cuidar para que elas cresçam, a população tem que ficar atenta quanto à poda e a eliminação. Tanto uma ação quanto a outra só pode ser executada com a autorização dos órgãos públicos do meio ambiente.

A Lei 1838/06 aborda sobre árvores dos logradouros públicos da cidade e seus povoados. O artigo 2º enfatiza que “fica terminantemente proibido destruir, danificar, lesar ou maltratar por qualquer modo ou meio, árvores de qualquer espécie nativa e exótica, componentes da arborização urbana nos logradouros públicos da cidade de Petrolina e seus povoados”. O artigo terceiro da mesma Lei especifica em que situações a eliminação será permitida: se a planta estiver ameaçando cair, impedindo a realização de obras públicas, comprometendo a estrutura de residências, quando houver infestação de doenças, quando a localização estiver em desacordo com o Código de Postura do Município, Lei do Uso de Solo Urbano e Plano Diretor; dentre outros.

Já o artigo 49 da Lei Federal 9.605/98 é clara quanto à questão. “Destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia”, resulta em uma pena de detenção, de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. Em caso de crime culposo, a pena é de um a seis meses, ou multa.

Para a gestora da AMMA, Denise Lima, a parceria entre os entes públicos e a população, é fundamental para que tanto o processo de arborização da cidade, quanto o combate às erradicações de árvores, tenha êxito. “Estamos investindo na distribuição de mudas da Caatinga porque pretendemos preservar estas espécies e estimular o processo de arborização da cidade; ao mesmo tempo também, em que solicitamos ao cidadão para que não efetue poda ou eliminação sem a autorização da AMMA. Existe uma legislação específica para isso e nós somos atuantes quanto à fiscalização”.

Sindsemp realiza nova assembleia para servidores municipais aposentados nesta sexta, 29

Os servidores aposentados de Petrolina participarão de mais uma assembleia exclusiva da categoria. O encontro será na próxima sexta-feira, 29, a partir das 8h, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina (Sindsemp), localizada na Vila Mocó.

Para Elena Alves, diretora de Assuntos Extraordinários, a reunião será a oportunidade de apresentar aos servidores os avanços e as consolidações das propostas aprovadas na assembleia anterior, realizada no último dia 06. “Vamos fazer repasses e acertar os detalhes das nossas atividades de lazer e promoção à saúde”, comentou.

Entre as atividades que serão apresentadas e organizadas está o ‘Caminhando com Sindsemp’, onde os servidores terão o acompanhamento de nutricionistas, educadores físicos e fisioterapeutas em atividades de caminhada no Parque Josepha Coelho. “Esse é um dos diversos projetos que apresentaremos e daremos prosseguimento. Convido todos os servidores para dividir conosco esse momento de luta e confraternização”, pontuou Elena.

Inscrições para transferência e portador de diploma na Facape estão abertas até dia 31




Uma boa notícia para os estudantes ou profissionais que desejam ingressar nos cursos da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape): estão abertas as inscrições para o processo seletivo de transferência interna, externa e portador de diploma. Os interessados devem se inscrever até o dia 31 de maio.

Há vagas para os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Comércio Exterior, Economia, Gestão da Tecnologia da Informação (GTI) e Serviço Social. Podem participar na modalidade ‘transferência’, os candidatos que estiverem regularmente matriculados em outros cursos da Facape (transferência interna) ou em outra Instituição de Ensino Superior (IES) reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), a partir do 2° período (transferência externa). Já para portador de diploma, os interessados devem comprovar graduação em IES reconhecida pelo MEC, em qualquer área.

Os candidatos devem procurar a Central de Atendimento ao Discente (CAD) com os documentos exigidos no edital. O investimento é de R$ 100 para os alunos que desejam realizar transferência interna, R$ 200 para transferência externa, e R$ 300 para aqueles que se submeterem como portador de diploma.

O edital com todas as informações do processo está disponível na página eletrônica da Facape (www.facape.br).

O mapa-múndi poderia estar de cabeça para baixo?

Poder, tudo pode.

Mas a pergunta tem um quê de filosofia, e costuma circular nas listas de não sei quantos mapas que vão te surpreender (como estes compilados pelo espanhol “El Confidencial”). Nós estamos habituados a ver a América do Norte, bem, no norte, e a do Sul, no sul –mas essa representação não é natural, e nem é a única que foi registrada durante a história.

Segundo um artigo de Nicole De Armendi publicado no “St Andrews Journal of Art History and Museum Studies”, a orientação dos mapas “afirma posições de poder, traça certas redes globais e estabelece relações hierárquicas entre as nações e os continentes”. Não por acaso diversas das contestações políticas a esse sistema vieram da América Latina. Por exemplo, a ilustração do artista uruguaio Joaquín Torres García em 1943, “O Mapa de Ponta-Cabeça”, abaixo:




A argentina Mafalda, desenhada por Quino, também indagou-se sobre a razão de estarmos sempre abaixo da Europa e da América do Norte. Ela diz: “Você não vê que os países desenvolvidos são justamente os que vivem cabeça-acima? Por viver cabeça-abaixo, nossas ideias caem!”.



Entre os posicionamentos políticos, repete-se que o mapa tem essa orientação porque foi desenhado por europeus –que, por egocentrismo, se colocaram no topo do mundo. Mas um interessante artigo publicado pela rede de TV árabe Al Jazeera contesta esse argumento com exemplos históricos. “Na verdade, o status de elite do norte na cartografia tem mais a ver com monges bizantinos e judeus de Maiorca do que a qualquer inglês”, escreve Nick Danforth.

No século 15, o mundo era mapeado a partir de diversas perspectivas. Neste exemplo, o leste está no topo. Neste outro, o sul está em cima. Mas, no século 16, cartógrafos passaram a basear-se em um mapa creditado a Ptolomeu, que viveu em Alexandria durante o século 2 d.C. A versão que circulava, à época, era a cópia feita por um monge no século 13 –com o norte no topo.

Os cartógrafos que fizeram os primeiros grandes e belos mapas do mundo inteiro, antigo e novo –homens como Mercator, Germanus e Waldseemuller–, estavam obcecados por Ptolomeu. Eles produziram cópias da geografia de Ptolomeu na recém-inventada prensa.

Segundo Danforth, a orientação do mapa-múndi é, de certa maneira, o resultado do acaso e das limitações tecnológicas das épocas passadas. Mas, apesar de o norte já estar consolidado no topo da cartografia, o autor sugere que as tentativas de inverter a imagem não sejam descartadas tão rapidamente. Afinal, “simbolizam um desejo nobre: que invertamos as injustas relações políticas e econômicas no nosso mundo tão facilmente quanto viramos um mapa nas nossas paredes”.

Os pinguins agradecem.


 

Do Blog Mundialissimo







No Dia Nacional de Prevenção e Combate a Hipertensão, médico do HDM/IMIP faz alerta sobre a doença

Hoje, 26 de abril, é comemorado o Dia Nacional de Prevenção e Combate a Hipertensão. A data foi instituída pelo Ministério da Saúde (MS) para lembrar à população da importância de aferir a pressão arterial com regularidade, além de incentivar hábitos de vida mais saudáveis.

O Hospital Dom Malan/IMIP, como unidade materno/infantil em Petrolina (PE), desenvolve assistência à saúde da mulher. Para esclarecer as dúvidas sobre hipertensão na gestação, o ginecologista e obstetra, Álvaro Pacheco, fala sobre o assunto. “A hipertensão ocorre em sete a cada 100 gravidezes, é a situação onde as mulheres apresentam níveis tensionais iguais ou maiores que 140 (sistólica) ou 90 (diastólica). Pode acontecer inclusive, em mulheres que não eram hipertensas antes da gravidez, numa doença chamada pré-eclâmpsia”, explica.

As principais causas da hipertensão na gravidez podem acontecer em duas situações: a mulher engravidar sabendo que é hipertensa crônica ou durante a gravidez desenvolver doenças que fazem a pressão subir, como a pré-eclâmpsia. A pré-eclâmpsia pode levar à necessidade de interrupção da gravidez antes do tempo, levando a prematuridade, o que pode ser danoso para o recém-nascido.

Segundo Álvaro Pacheco, “independentemente da causa, a hipertensão na gravidez é uma situação preocupante por ser a principal causa de mortalidade materna no Brasil. Sintomas como dor de cabeça forte, pontos brilhantes ou perda parcial da visão, dor na região do estômago em “queimação”, vômitos que não cessam, ou falta de ar sugerem avaliação por um profissional de saúde urgentemente. Importante relembrar que nem sempre as pacientes vão apresentar sintomas, o que faz com que as consultas pré-natais assumam um papel fundamental para diagnosticar precocemente a hipertensão”, alerta.

O obstetra também ressalta o uso de medicamentos, “as pacientes devem ser avaliadas por um médico, o qual vai definir a melhor conduta para a mesma. Há casos em que a mulher pode não precisar de medicamentos. Em outros casos os medicamentos vão ser fundamentais para prevenir ou mesmo tratar as complicações associadas à doença. Em todos os casos, o cuidado mais atento pela paciente, pela família e pela equipe assistencial é indispensável para garantir a saúde da gestante e do bebê”, afirma.

Mulheres que já tinham pressão alta antes da gravidez devem tomar cuidados extras, pois algumas intervenções antes da gravidez podem ajudar a ter um melhor desfecho gestacional, como perda de peso, controle do colesterol e triglicerídeos, adoção de uma dieta com ingesta adequada de sódio e rica em cálcio ou baseada em frutas ou com elementos com ação antioxidante.

Álvaro Pacheco destaca também que existe um perfil de mulheres que desenvolvem a hipertensão gestacional. “Mulheres com idade abaixo de 15 anos ou acima de 35, obesas, grávidas de gêmeos ou com diabetes, aquelas com doenças como lúpus ou alterações renais, ou as que já tiveram história de pré-eclâmpsia geralmente tem maior risco de desenvolver hipertensão na gravidez”, ressalva.

Complicações


As mulheres podem sofrer vários tipos de complicações que vão desde convulsões ou acidentes vasculares cerebrais – AVC (conhecidos como “derrames”) até sangramentos, perda da função dos rins, insuficiência respiratória, falência do fígado.

“Como norma geral, todas as mulheres que tiveram hipertensão surgida na gravidez devem ser acompanhadas, haja vista que esta aumenta o risco futuro de complicações como hipertensão crônica ou problemas relacionados com o colesterol ou triglicerídeos e falência dos rins por exemplo”, finaliza Álvaro Pacheco.

Odacy prestigia sessão solene da Câmara em homenagem ao bispo de Petrolina

O deputado estadual Odacy Amorim, PT, prestigiou na noite desta segunda-feira, 25, a sessão solene da Câmara de Petrolina, realizada no Centro Cultural Dom Bosco, que prestou homenagem ao bispo da cidade, Dom Manoel Reis de Farias. O bispo recebeu a medalha de honra ao mérito Dom Malan, principal honraria do poder legislativo municipal, bem como o título de cidadão petrolinense.

Ao lado de vereadores, de outras lideranças políticas, convidados e da comunidade petrolinense, Odacy elogiou os vereadores pela homenagem. “Uma justa homenagem. Parabéns aos vereadores de nossa cidade por essa iniciativa. Dom Manoel tem atuado com o respeito dos petrolinenses e mereceu as homenagens”, disse o parlamentar.

Codevasf - Mais cedo, Odacy esteve junto com agricultores nativos de Uruás, na região no Pontal, zona rural de Petrolina, intermediado um entendimento entre os nativos e a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba). As famílias ocuparam uma área do projeto de irrigação Pontal há uns 10 dias. A Codevasf entrou na justiça e conseguiu a reintegração de pose.

O encontro desta segunda na sala de reuniões do gabinete do superintendente interino da Companhia, Ricardo Lisboa, discutiu uma saída para o impasse. Os agricultores alegam que entregaram sua terra tendo como promessa, a conquista de uma área do Pontal para irrigar, só que o modelo de implantação do projeto mudou e eles acabaram ficando fora. Um entendimento entre os dois lados vem sendo discutido.
segunda-feira, 25 de abril de 2016

Janot aponta onze motivos para afastar Cunha da Câmara dos Deputados

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enumerou em petição ao Supremo Tribunal Federal 11 motivos para o 'necessário e imprescindível' afastamento do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), do mandato de parlamentar e de líder da Casa. O documento foi entregue ao STF em dezembro de 2015, mas a Corte ainda não tomou uma decisão.

Na sexta-feira (22) após uma palestra na Universidade de Harvard nos Estados Unidos, Janot disse acreditar que não deve demorar para que o futuro do presidente da Câmara seja definido.

"Nós enviamos várias denúncias contra ele e mais duas devem ser consideradas em breve pelo Supremo. Não podemos admitir que o terceiro homem na linha sucessória tenha um passado como o dele" afirmou.

Em caso de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), o vice Michel Temer (PMDB) assume a presidência e Eduardo Cunha, réu por corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, chegaria ao segundo cargo da linha sucessória.

O pedido de afastamento entregue por Janot ao Supremo traz um capítulo intitulado 'Dos atos que visaram embaraçar e impedir a investigação de organização criminosa'. Nele, o procurador aponta onze razões que, em sua avaliação, justificam o afastamento de Eduardo Cunha. IG

Lula: ‘quadrilha legislativa implantou a agenda do caos no Brasil’

Em sua primeira manifestação pública depois da aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff pela Câmara dos Deputados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira que a Casa é comandada por uma "quadrilha legislativa que implantou a agenda do caos no Brasil”. O petista ainda reconheceu falhas do governo.

Com voz rouca, Lula preparou um discurso, que foi lido pelo diretor de seu instituto e ex-ministro Luiz Dulci durante seminário realizado, em São Paulo, pela Aliança Progressista, rede de partidos de vários países.

- A oposição derrotada por quatro vezes optou por uma atitude golpista, para voltar ao poder (…) voltar com a agenda neoliberal - disse Lula no discurso lido por Dulci. Lula completou: Uma quadrilha legislativa implantou a agenda do caos.

O ex-presidente falou ainda que “a população do Brasil sofre com falhas do governo, que precisam ser corrigidas”. Msn

Juazeiro e região recebem Exposição Fotográfica RESILIENTE CAATINGA

Fotografia da paisagem típica do bioma Caatinga como expressão artística de um sertanejo é o que define a exposição fotográfica RESILIENTE CAATINGA (O Sertão a vir amar), do fotógrafo Samuel Morais, que será aberta ao público a partir das 19h, nesta quinta-feira (28), data em que se comemora o Dia Nacional da Caatinga.

O evento acontece no Juá Garden Shopping (Juazeiro-BA) e se estende até o dia 15 de maio. Os visitantes encontrarão fotografias que expressam características próprias do único bioma 100% brasileiro, revelando as belezas escondidas que passam despercebidas no dia a dia dos sertanejos.

Em dezenas de ensaios fotográficos realizados durante viagens ao interior de Pernambuco e Bahia, o fotógrafo percorreu o sertão captando com olhar próprio de quem cresceu admirando nas pessoas, plantas e animais que vivem na caatinga, a capacidade de adaptação às variações climáticas frequentes na região.

Resiliente Caatinga é a primeira exposição de Samuel Morais, que tem formação em Administração de Empresas, mas atua há 20 anos na área de comunicação. “Jualinense”, como ele autodenomina sua naturalidade, com raízes nas cidades de Juazeiro e Petrolina, escolheu a caatinga como cenário principal de sua arte. O contato desde a infância, com paisagens sertanejas, despertou no fotógrafo a admiração pelo poder de recuperação da vida na caatinga, com suas variações visuais da estiagem ao verde que surge com as chuvas, demonstrando a grande resiliência presente no bioma.

“Caatinga não é apenas aquilo que se prega por aí afora. Mato seco, paisagens sem vida, tristeza. Pelo contrário, é uma lição de vida. Há muita coisa bonita para se apreciar, por isso percebi que este projeto de fotografia possui espaço para ser aprimorado e desejo continuar contribuindo para que mais pessoas percebam a riqueza que temos e que ao conhecer suas belezas, ajudem a preservá-las,” afirma Samuel.

Locais significativos como o Sertão do São Francisco e do Araripe foram contemplados no trabalho, cujo autor não considera finalizado; ao contrário, pretende expandi-lo.

A exposição fotográfica conta com a parceria do Juá Garden Shopping e da Moldura Minuto.

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana