Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
segunda-feira, 4 de março de 2013

Funcionários das Creches em Petrolina "Consideramos (Julio Lossio) o pior prefeito da história de Petrolina"

Os funcionários municipais lotados nas creches que o prefeito de Petrolina Julio Lossio está transformando em Novas Sementes, estão à beira do desespero com a postura intransigente da gestão municipal.

Angustiados, as Assistentes de Crianças, servidores do município, resolveram, em comunicado enviado à imprensa denunciar que "
a luta e conquista desses servidores que o prefeito está descartando sem nenhum respeito.

Confira a íntegra do texto escrito pelos assistentes de crianças em Petrolina, que faz um alerta a população petrolinense:

Gostaríamos que você abrisse esse espaço para que todos saibam da angústia que os servidores que trabalham nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) têm vivido na atual gestão do prefeito Júlio Lóssio.

Quando fomos informados, em janeiro, de que as unidades do programa Nova Semente substituiriam os CMEIs e que todos os servidores teriam que ser transferidos, acionamos a imprensa e a notícia foi publicada em vários blogs da região. O prefeito, por sua vez, negou com a seguinte frase: “Isto é uma inverdade e um mal entendido”.

Na semana seguinte fomos convidados a participar de uma reunião com a secretária de Educação, Célia Regina, em que a mesma apenas confirmou o que já sabíamos: ninguém do efetivo poderia permanecer nas unidades. A secretária da Primeira Infância, Mônica Couto, não aceita a presença dos servidores.

Não concordamos e lutamos até agora pelo direito de ficar no mesmo lugar, pois não somos contra a implantação da assistência integral da criança, e sim à forma como ela está sendo imposta. Somos contra a falta de clareza nesta decisão do Executivo e também à implantação de um modelo de educação que exclui o servidor e descarta o profissional de creche como se seu trabalho não contribuísse em nada para a melhoria da educação.

Nós, assistentes de criança, que prestamos concurso público para trabalhar única e exclusivamente em creches, vemos o cerco se fechando, porque a ideia do prefeito é de até 2014, substituir todos os CMEIs por unidades do programa Nova Semente. Restaram-nos apenas duas opções: uma creche do ProInfância, localizada no bairro João de Deus, e outra no bairro Pedra Linda, as quais são inviáveis para grande parte da categoria devido à localização. Ou então ficar pedindo remoção para os CMEIs que ainda não foram transformados, até que não exista mais nenhum. As demais categorias, como professores e merendeiras, também lutam para continuarem no mesmo local.

A questão da remoção também não tem sido tão simples quanto parece porque existe a possibilidade do servidor escolher um local para trabalhar e este já está com o seu quadro de funcionários completo. Tem até diretor dando prioridade a contratado! E para piorar a situação, alguns de nossos colegas que aceitaram ser removidos, têm reclamado do tratamento que estão recebendo ao ir à prefeitura. Sentiram-se humilhados e estão ainda mais fragilizados.

Vale lembrar também que a secretária Célia Regina anunciou em uma rádio que nós, assistentes de criança, iríamos permanecer nos nossos locais de trabalho, o que não aconteceu, pois nas unidades da Nova Semente que começam suas atividades hoje, dia 4, não consta o nome de nenhuma servidora do município na lista de funcionários.

Continuamos na luta pelo que achamos que é o nosso direito. Estamos desgastados emocionalmente, decepcionados com o tratamento que hoje recebemos do Executivo, mas temos a certeza de que anos de prestação de serviço não podem ser jogados no lixo, nem ignorados, pois se hoje os prédios públicos do município que a Nova Semente ocupa têm uma boa estrutura física e bem equipados, podem ter certeza de que é fruto de muita luta e conquista desses servidores que o prefeito está descartando sem nenhum respeito.

Apesar do desânimo, uma coisa ainda nos fortalece: a certeza de daqui a três anos e dez meses esse governo de tirania e de enganação chegará ao fim. E nós, servidores do município, estaremos livres daquele que consideramos o pior prefeito da história de Petrolina.”

Assistentes de Criança

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana