Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
quinta-feira, 23 de maio de 2013

Pastor Samuel Câmara é desligado da CGADB

Nesta quarta-feira (22) a Mesa Diretora da Convenção Geral das Assembleia de Deus no Brasil (CGADB) desligou da instituição, por sete votos a três, o Pastor Samuel Câmara, líder da Assembleia de Deus em Belém (PA) e candidato a presidente da CGADB na última eleição no mês de abril em Brasília.

A decisão foi tomada baseada em parecer do Conselho de Ética e Disciplina da instituição, que julgou como falta de decoro as atitudes do Pastor Samuel Câmara como também dos pastores Sóstenes Apolos (Brasilia-DF), Jônatas Câmara (Manaus-AM) e Ivan Bastos (Cariacica-ES) na Assembleia Geral Ordinária realizada em Maceió (AL) em 2012. 


A situação convencional dos outros três pastores ainda será analisada em outro momento, já que os pastores Sóstenes e Jônatas, não compareceram ao encontro por recomendação médica e o pastor Ivan, por fazer parte da diretoria do órgão, só pode ser avaliado em Assembleia Geral. 

A CGADB existe desde 1946, como pessoa jurídica, e tem a responsabilidade de representar a igreja perante as autoridades governamentais, bem como a todos os segmentos da sociedade. Em 1989, a Convenção promoveu uma Assembléia Geral Extraordinária na cidade de Salvador-BA, quando foi decidido pelo desligamento dos pastores do Ministério de Madureira, por força de dispositivo estatutário que impede ao ministro pertencer a mais de uma convenção nacional. Os ministros do Ministério de Madureira optaram por manter a existência da então recém criada Convenção Nacional de Ministros da AD de Madureira (CONAMAD), abrindo com isso uma dissidência na igreja.

A Convenção Geral é presidida pelo Pastor José Wellington Bezerra da Costa, de São Paulo (SP), desde 1988, tendo sido reeleito por diversas vezes.
O pastor Samuel Câmara já anunciou que irá recorrer da decisão tomada pela Mesa Diretora "com tranquilidade", e disse que o seu lema é o de I Timóteo, capítulo primeiro e versículo sete: "Porque Deus não nos deu um espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor e de moderação".

Pastores Jônatas Câmara, Sóstenes Apolos e Ivan Bastos
 

9 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Fotos do Blog

Visitantes

Procurar

Top 10 da semana