Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sábado, 29 de novembro de 2014

Programa Minha Casa, Minha Vida sorteiou 1.432 casas nesta sexta-feira em Petrolina

Nesta sexta – feira, 28, às 16 horas, foi realizado o sorteio das casas do Programa Minha Casa Minha Vida do Conjunto Habitacional "Vivendas Petrolina I". O sorteio ocorreu em três etapas. Primeiro foram sorteadas as residências para o grupo dos idosos, depois as residências para portadores de necessidades especiais, e por fim, aconteceu o sorteio das residências do grupo das pessoas pontuadas. A Construção de 1.432 casas no conjunto Vivendas Petrolina I, iniciadas no segundo semestre de 2013, é uma parceria entre o Governo Federal ( Programa Minha Casa Minha Vida) e Governo Municipal de Petrolina. O programa habitacional é destinado às famílias com renda familiar de até R$ 1.600,00.

O prefeito Lulio Lossio, que não pôde estar presente ao sorteio, deixou sua mensagem em vídeo. “ É sempre uma alegria muito grande ver alegria das pessoas quando são sorteadas, e eu quero dizer a vocês que o meu coração está aqui, está com vocês, estou em Brasília agora, trabalhando para trazer mais moradia para aqueles que ainda não tiveram seu sonho realizado.“ disse.

Para participar do sorteio alguns critérios foram estabelecidos pela Caixa Econômica Federal e pelo Conselho Municipal da Cidade de Petrolina: Além da renda famílias de R$ 1.600,00, famílias ou mulheres arrimos de famílias com filho menor de dezoito anos, não ter imóvel ou terreno no nome , nunca ter sido beneficiado em programas habitacionais, morar no município há pelo menos três anos.

O secretario Extraordinário de Habitação, Edinaldo Lima, defendeu que Petrolina é merecedora dos benefícios que o programa traz. “O programa Minha Casa, Minha Vida é oportuno no sentido de diminuir a pobreza da cidade, gerando emprego, aumentando a circulação de renda e proporcionando condições dignas de moradia a tantas famílias que, durante anos, foram excluídas dessa possibilidade”, comentou Edinaldo.

A dona de casa, Luciana Alves Santana foi as lagrimas ao ser sorteada, ela é do grupo dos portadores de deficiência física, seu filho Daniel Luan Alves Oliveira, tem 7 anos e é deficiente visual. “ Eu moro nos fundos da casa de minha mãe com meus dois filhos, e quando a gente não tem uma casa, não é ninguém. Hoje eu sou alguém.” Relatou Luciana.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana