Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sábado, 27 de dezembro de 2014

Valor da Petrobras teve queda de 43% com Lava Jato

A queda no valor de mercado da Petrobras em 2014 chegou ao percentual de 43,6%. Tomadas as cotações em 22 de dezembro, a estatal recuou de US$ 91 bilhões para US$ 51,6 bilhões.

Se o desempenho da Petrobras for comparado com a redução no valor de mercado das principais petroleiras do mundo, por conta do baixo preço do petróleo em 2014, fica claro o efeito desencadeado pela operação Lava Jato tem sido devastador para a Petrobras.

Na média de outras oito maiores petroleiras, a queda foi de 9,74% em 2014. O preço do barril saiu de US$ 100 para US$ 60 desde o início de 2014.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo deste sábado, 27, considerados os valores de mercado nas respectivas moedas dos países de origem das petroleiras analisadas -ou seja, sem efeito câmbio- a Petrobras também fica em desvantagem. Na média, as oito empresas perderam 4,5% de valor de mercado, ante 35% da Petrobras.

Na entrevista em que analisou o ano de 2014, no último dia 17, a presidente da estatal, Graça Foster, disse não haver "empresa no mundo que não tenha tido redução do valor de mercado". "Não podemos olhar para o valor de mercado [da Petrobras] e ver tão somente o valor de mercado da Lava Jato."

"A diferença em relação às demais petroleiras representa o impacto de resultados financeiros fracos somados à corrupção", diz o analista de investimentos Flávio Conde. "O escândalo mostrou que, em vez de trabalhar para aumentar o resultado para o investidor, parte da diretoria estava trabalhando para favorecer um grupo. E, sem a mudança da diretoria, o investidor permanece inseguro, e isso se reflete em seu valor de mercado", afirma Conde.

Nessa sexta-feira (26) os papéis da Petrobras chegaram a cair até 7% na mínima do dia Bovespa. A Moody's colocou, na última terça-feira, os ratings Baa2 em moeda local e global em revisão para possível rebaixamento; além disto, após três ações dos EUA contra a estatal, mais uma entra para as "preocupações" da companhia. Desta vez, a capital de Rhode Island, o município de Providence processou a estatal por perder dinheiro após a desvalorizações dos papéis da Petrobras em meio às acusações de corrupção, que a capital ainda afirma que não foram comunicados aos investidores da Petrobras. 247

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana