Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Artigo: Casa Nova, o governo do terror

Agente sempre pensa que pior do que esta não vai ficar, tolo engano.

A mais de dois anos atrás dizia-se que Casa Nova era a própria imagem do abandono, o município estava sucateado ingovernável. E o povo entendendo e atendendo aos apelos de uma oposição que, a custa de não sei quanto, enveredou pelo caminho mais lógico; o da alternância. E La se foi Orlando Xavier, Dagmar e outras figuras públicas que assumiram cada um no seu tempo, o comando do município.

A oposição teve uma vitória histórica, milhares de votos na frente do governo instituído, foi a maior vitória já vista no município de Casa Nova e, talvez, a maior derrota de um povo que acreditou em uma possível mudança, pra melhor, na terra dos Viana.

Contra fatos não existe argumento, o certo é que hoje Casa Nova experimenta o maior descaso administrativo de todos os tempos, as denuncias rolam soltas e caem como moscas na sopa, o prefeito, empregado do povo, coisa que ele não entendeu ainda, é pura vaidade, estupidez e grossura aliadas a uma falta de educação que espanta a todos que o conhece, inexperiente e por isso um perfeito ignorante em administração pública. Hoje a prefeitura encontra-se totalmente endividada, empréstimo foi tomado e a oposição cobra insistentemente a prestação de contas desse dinheiro, o prefeito se recusa a atender telefone na certeza de que 90% das chamadas é cobrança, a secretaria de finança é um verdadeiro samba do criolo doido quando o prefeito manda pagar alguma conta o secretário insinua que o prefeito não sabe de nada, não existe planejamento, previsão ou provisão, coisa que qualquer secretário de finança, por muito idiota que fosse saberia fazer. E o comportamento xarope não é privilégio tão somente do secretário de finança que já absorve a mesma prepotência do senhor seu chefe. Esse desmantelo verifica-se em quase todas as secretarias desse governo letárgico onde o prefeito grita e o escravo cala, obedece cegamente mesmo sabendo que o leão não tem razão.

Por diversas vezes fui ordenado a não deixar algumas pessoas participarem do programa, Sem Meias Verdades, coisa que jamais obedeci, até porque o direito de expressão é garantido pela constituição e, a menos que o programa seja gravado todo e qualquer cidadão tem direito de participar e embora o programa tivesse patrocínio do Governo CONSTRUINDO O FUTURO jamais foi sua propriedade, até porque o programa era pago pelo povo. Quando um gestor, seja qual for, se esconde por trás de uma linha telefônica e não atende as ligações é covardia ou medo; covardia de não ter coragem de enfrentar o povo diante as promessas não cumpridas ou medo de cobranças de compromissos não honrados.

Todo prefeito é empregado do povo e o empregado mais vulnerável pois, o povo que o nomeou pode tirá-lo a qualquer momento sem direito a férias ou décimo terceiro além do que é um emprego com prazo de validade, apenas quatro anos, se for o desejo da população ou pisar na bola. Quando o prefeito não aceita isso e, se julga a qualquer custo o patrão ou dono ai esta ai implantado o GOVERNO DO TERROR.

Certa ocasião presenciei um lastimável fato; o irmão do prefeito, um vereador, exigia que o gestor cumprisse a sua obrigação de atender o povo e largar um telefone de onde ele estava, em sua casa, sempre a esbravejar contras certas pessoas e pedia que ele fosse atender na Prefeitura que foi o lugar aonde o povo delegou a obrigatoriedade do prefeito atender; parabéns vereador.

Diversas vezes o presidente da Câmara de vereadores, pessoa inteligente e experiente, também tentou sugerir e orientar o prefeito quanto o seu modo de agir no que nunca foi atendido.

Administrar um município não é plantar cebola ou gerenciar restaurante, carece de muito mais experiência e quando não se alcançou essa experiência a humildade em aprender com os mais experientes.

Quero tornar público que durante a vigência do contrato que de forma irresponsável foi cancelado, já que depois da vigência do mesmo o pessoal de comunicação passou cinco messes ainda trabalhando com a permissão e participação do prefeito e secretários do governo, coisa que a justiça se pronunciará em breve já que alguns confrades, não sei como, continuam recebendo algum numerário mas, que paguei religiosamente a todos profissionais e empresas admitidos pelo prefeito ate o dia em que o governo deixou de honrar o compromisso assumido com a imprensa.

Algum idiota ou ignorante poderá pensar ou dizer que esse manifesto prende-se ao fato da falta de pagamento, engano, o que essas pessoas não sabem é que nunca fiz apologia ao dinheiro ou usei de métodos desonestos para adquiri-lo talvez por isso não tenha construído fortuna: EU NÃO TENHO NADA DE MATERIAL, TENHO SIM, UM TRAÇO DE DIGNIDADE QUE NÃO NIGOCIO POR NADA, NEM MESMO EM TROCA DA LIBERDADE.

E em nome dessa dignidade quero, humildemente, pedir PERDÃO AO POVO DE CASA NOVA por ter de alguma forma contribuído para implantar esse governo que não só envergonha como desmoraliza um município de tanta gente honrada e honesta.

Meu caro prefeito, ainda a tempo de reparar esse desmantelo: grite menos e escute mais, entenda que ninguém sabe tudo, muito menos o senhor, administrar um município não é plantar cebola, atenda a quem quer, de verdade, ajudá-lo, seja mais humilde, com seus gritos e xingamentos o Sr. Está construindo uma legião de inimigos que se revelarão na primeira oportunidade, ai o príncipe estará sozinho, com seus erros, suas dores e dissabores.

Cidadão o senhor é um grande homem, integro, sério e honesto nos seus compromissos individuais, amigo dos amigos e respeitoso com seus adversários, pense no que você está fazendo consigo e com outras pessoas que lhe tem carinho e respeito, e entenda que respeitar não é se ajoelhar aos seus pés, quem assim faz é quem vai lhe dar a primeira mordida.

Casa Nova ainda espera que o prefeito cumpra o seu dever.

Os. Você pode até ficar chateado com esses escritos, porém, um dia você verá que talvez o único amigo foi aquele que teve a coragem de lhe dizer essas verdades, para o seu próprio bem.

Por Lucien Paulo.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana