Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
segunda-feira, 20 de julho de 2015

Atingidos pela barragem fazem mobilização em Sento-Sé por acesso a água

Nesta terça-feira (21), a cidade de Sento-Sé recebe mais de 150 atingidos pela Barragem de Sobradinho. O grupo montará acampamento em frente à Prefeitura da cidade em luta por direitos.

Os manifestantes acompanharão a reunião de negociação entre a Prefeitura, a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), marcada para as 10h.

Mais de dez comunidades aguardam a conclusão da obra do sistema de abastecimento de água da Codevasf, faltando apenas 2% para a finalização. Com o término, cerca de cinco mil famílias serão beneficiadas.

“É um verdadeiro descaso com os atingidos. Todo o material já foi comprado, falta apenas instalar. Em algumas comunidades já está tudo pronto, falta mesmo é ligar a água”, denuncia Marta Rodrigues, coordenação estadual do MAB.

Sem acesso à água, cada família é obrigada a pagar o valor de pelo menos R$ 200 por um caminhão-pipa para atender toda a demanda, desde higiene até o consumo. Muitas vezes a quantidade não é suficiente nem mesmo para o mês todo.

“Algumas vezes a gente tem que escolher se paga o mercado ou compra água. Aposentada como eu e meu marido não temos dinheiro que dê”, lamenta Dona Odelita. Ela mora com seu marido e outros dois filhos na comunidade de Brejo de Fora, há 150 km da sede de Sento-Sé.

Negociação

O MAB está em negociação com a Prefeitura, a Codevasf e o Governo do estado desde o fim de março, quando mais de 200 atingidos pararam a BA-210 durante doze horas. Na ocasião, foi assinado um acordo com todas as partes para o cumprimento de uma série de reivindicações, como o abastecimento de água, melhorias em saúde, educação e estradas da região.

O grupo se reúne novamente nessa terça-feira para cobrar os encaminhamentos da Prefeitura. Dentre as pautas das comunidades, atendimento médico e estrutura para as escolas são promessas ainda não cumpridas pelo prefeito.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana