Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sexta-feira, 23 de outubro de 2015

5º dia de Estudos Bíblicos na 59ª EBO/IEADPE

Na manhã desta sexta-feira (23), os estudos da 59ª Escola Bíblica de Obreiros (EBO), foram direcionados no templo para os Obreiros, e no auditório do 5º andar, para as esposas de obreiros. No templo, o pastor Jaime Alexandre e o pastor Paulo Cristovão iniciaram louvando os hinos congregacionais com voz e sanfona: “Por que te abates ó minha alma e te constranges, perdendo a calma? Não tenhas medo, em Deus espera”. A oportunidade para a transmissão da palavra foi concedida ao Pr. José Prado Veiga, da Assembleia de Deus, Ministério do Belém, em Itaim Paulista/SP, que leu na carta aos Filipenses, capítulo 2, versículo 15: “Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo.

“O senhor nós salvou, a nossa parte é lutarmos pela santificação. É preciso que o obreiro seja irrepreensível, é difícil, mas precisamos lutar para alcançar”. “O nosso modelo de santidade é Deus […], pois, a igreja copia a postura do obreiro”. E prosseguiu com as orientações: “Quem põe fogo na igreja é o Senhor, se ele não por, não force, faça a sua parte e deixe o resto com ele, não mexa, deixe que ele mova”, finalizou o pastor Prado Veiga.

O Pr. Nelson Luchtenberg, Presidente da Convenção Estadual dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Rondônia, ministrou o segundo estudo. Na plenária ele enfatizou: “O pastor que exerce um ministério ideal, é aquele capaz de sacrificar seus próprios direitos: ’Não tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus” citando o versículo 24 do capítulo 20 do livro de Atos. “Estamos vivendo um tempo difícil para ser pastor, mas não impossível […] estamos no tempo de muita filosofia, uma delas diz: Não importam os meios, só os fins. Mas isso não é verdade, o que plantarmos, colheremos. Há a necessidade do sacrifício, Cristo alertou aos discípulos: Se quiser, tome a sua cruz ”. “Não adianta seguir a Jesus sem levar a cruz irmãos.”

O terceiro estudo foi ministrado pelo pastor Pr. Joel Freire da Costa, dando continuidade ao ensino com o tema: “Priorizando a Santidade no púlpito”; durante a plenária o pastor destacou: “Santidade no púlpito é levar as pessoas a Cristo. Santidade no púlpito só acontece quando a gente vai comer a Bíblia” e completou: “Santidade no púlpito. A Palavra tira a sujeira. Deus se agrada da sinceridade”.

Para as esposas de obreiros, a irmã Edna Veiga transmitiu o estudo. O tema: “A mulher do Obreiro e a Santificação” foi embasado no versículo 22, do capítulo cinco da primeira epístola aos Tessalonicenses. A irmã Edna lecionou e contou algumas experiências vividas para a ilustração da palavra. “Quando nós estamos no caminho da santificação, Deus não se agrada quando não perdoamos nossos irmãos. O Senhor cobra, pois o processo de santificação fica estacionado e damos brechas ao inimigo, ficamos sem a paz de Deus que excede todo o entendimento”, exemplificou. A Irmã Judite Alves participou louvando com as irmãs e agradecendo a Deus pelo alimento espiritual.

O primeiro estudo da tarde foi ministrado pelo Pr. José Carlos da Silva, presidente da Assembleia de Deus na Paraíba. Ele aconselhou os obreiros a terem cuidado para não cuidarem da obra como se fosse deles, porque a obra é de Deus. O pastor disse também que quando Deus manda, o obreiro tem que obedecer.

Ele falou que o obreiro não pode se apegar a uma cidade a ponto de recusar a vontade de Deus que ele vá para outra. “A obra é de Deus, não contrarie a vontade de Papai”, disse.

Durante o intervalo entre os estudos, os irmãos adoraram a Deus através de louvores. O Pr. Nelson Luchtenberg, presidente da Convenção Estadual dos Ministros das Assembleias de Deus em Rondônia, deu inicio ao segundo estudo da tarde e continuou falando sobre o tema: Santificação no Púlpito.

Ele falou que é importante ter a certeza da salvação. “Nós precisamos ter a certeza que não somente somos crentes, mas que somos salvos”, afirmou.

Paralelo aos estudos dos obreiros, as esposas dos ministros também estavam aprendendo mais da Palavra de Deus no estudo da União das Esposas de Ministros das Assembleias de Deus em Pernambuco (UEMADEPE), no prédio anexo ao templo. ADNews

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana