Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sábado, 17 de outubro de 2015

Conservação dos bens públicos, obrigação de todos

Petrolina tem a Educação como prioridade da atual Gestão Municipal. Os avanços que o setor conquistou são demonstrados nos diversos índices de acompanhamento escolar e, também, nas reformas, ampliações e construções de novos equipamentos, sendo a comunidade a maior beneficiada dessas ações. Porém, a participação da comunidade escolar tem que ser efetiva na preservação deste patrimônio público e isso não tem ocorrido.

Depredações no espaço escolar confirmam que pessoas da comunidade não estão conscientes de sua participação na conservação do patrimônio escolar, o que pode ser observado, por exemplo, nas comunidades do N10, Nova Descoberta, N5, Dom Avelar, Santa Luzia e Henrique Leite, que sofreram algum tipo de depredação e invasão.

Uma das grandes preocupações do Governo Municipal é a preservação e conservação dos bens disponibilizados para a comunidade escolar. São muitos os problemas enfrentados na questão de conscientizar a população para o cuidado com o bem público de uso coletivo. Para solucionar esse problema é importante resgatar a conscientização dos alunos e da comunidade quanto à importância desse cuidado e de como é bom viver em um ambiente organizado e limpo.

Todos precisam colaborar e se engajar nessa luta, agentes públicos, líderes comunitários, pais, professores, diretores e trabalhar essa conscientização. A conservação do patrimônio público é sempre uma meta a ser seguida que é para uso e benefício de todos.

Esse descaso com o Patrimônio Público demonstra falta de educação e civilidade. Acham que a escola é apenas responsabilidade do governo, não tratando a mesma como seu espaço para educação, ética e compromisso de ser cidadão.

Dessa forma, é importante fazer com que todos percebam a Escola como um Patrimônio Público, de responsabilidade de todos e deve ser preservada, defendida e protegida, visando um ambiente mais propício à educação de crianças e adolescentes.

Aos gestores , professores, pais, alunos, agentes públicos, comunidade em geral, cabe cuidar, denunciar e impedir que outros depredem o patrimônio público.
Equipamentos escolares compartilhados com a comunidade que não tem o devido cuidado passarão a ser de uso exclusivo dos alunos, sob a responsabilidade da gestão escolar, até que se mostrem em condições de usá-lo civilizadamente.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana