Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Odacy quer que governo libere verbas para a saúde

Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado estadual Odacy Amorim, do PT, defendeu na reunião do colegiado desta quarta-feira, 21, o fim do contingenciamento de 20% para a área de saúde, dentro das medidas de ajustes anunciadas pela equipe econômica do governo do estado. Segundo Odacy, essa medida tem atingido em cheio serviços essenciais como a distribuição gratuita de medicamentos de uso continuado, especialmente para transplantados, além de estar prejudicando serviços prestados em unidades hospitalares mantidos ou conveniados com o estado.

“Eu fiz um apelo ao secretário de Saúde nesta questão dos transplantados renais, por exemplo. O que tem chegado de medicamentos é insuficiente. Esse problema pode estar levando os pacientes cavarem a própria cova, porque o medicamento complementa o tratamento. Não sei nas outras regiões do estado, mas no Vale do São Francisco a situação é preocupante. Então eu fiz esse apelo”, destacou o deputado Odacy Amorim.

Odacy citou outro exemplo dessa situação dos repasses para a saúde: o Hospital Dom Malan-IMIP de Petrolina que não tem atendido pacientes da ‘ala verde’, aqueles menos complexos, mas que necessitam da atenção tanto quanto os demais atendimentos do hospital. Conforme o parlamentar, isso tem levado transtornos para quem necessita do serviço na unidade.

“Temos recebidos constantemente, reclamações de pacientes em geral que nos contam diariamente, casos como o de uma paciente do HDM-Imip de Petrolina que não foi atendida para fazer uma curetagem após um aborto espontâneo numa unidade que é referência para a saúde da mulher e da criança na região”, revelou Odacy.

Segundo o deputado, a paciente foi mandada para a maternidade em Juazeiro-BA, mas ela não tinha condições de se deslocar até a vizinha cidade de Petrolina e voltou para casa. “Só após cinco dias quando seu estado de saúde havia piorado, foi que ela foi atendida no Dom Malan. Então vamos defender sim o final dessa redução dos repasses do governo estadual na área da saúde, porque a situação tem realmente se agravado em Pernambuco”, argumentou Odacy.

Na reunião da Comissão, o secretário estadual de Saúde, Iran Costa, apresentou o relatório das contas da secretaria estadual de Saúde do segundo quadrimestre de 2015. “Aproveitamos a audiência com o secretário para fazer essa nossa defesa do fim do contingenciamento para que o governo libere mais verba para a saúde no estado”, frisou Odacy Amorim.

Odacy manteve o Imip – Foi na gestão do deputado Odacy Amorim quando prefeito de Petrolina, em 2007 e 2008 que o Imip passou a gerir os serviços do Hospital Dom Malan. Na época a unidade ainda pertencia ao município e Odacy firmou um convênio onde repassava mais de R$ 1 milhão mensal para o funcionamento adequado do hospital. O município também mantinha servidores atuando na unidade. A parceria fez mudar o quadro de desgaste no HDM na época.

O atual governo municipal devolveu o HDM ao estado que deu continuidade à parceria com o Imip, mas com o contingenciamento de verbas, o atendimento na unidade vem sendo prejudicado, segundo denúncias da população local.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana