Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Sindsemp tem reunião com servidores readaptados e apresenta avanços em pauta

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) esteve reunido na manhã desta quarta-feira, 04, com servidores readaptados. Na pauta, a entidade apresentou novidades ao exercício dos servidores, após reuniões com a gestão municipal.
 
De acordo com o presidente da entidade, Walber Lins, os professores que estão nessa condição terão assegurado o direito de exercer a sua atividade em áreas afins à sua formação e sua colocação no quadro por concurso. “Em reunião com o secretário de Educação, Heitor Leite, conseguimos o compromisso da gestão em colocar os professores nessa situação trabalhando junto à coordenação pedagógica, assessorando as ações nessa área em total consonância com sua formação intelectual e para qual foram convocados”, comentou.

A notícia agradou aos servidores presentes. A professora readaptada Vanubia Freire avaliou de forma positiva o encontro. “A reunião foi esclarecedora. Essa foi a melhor que já participei, pois foi tratado o assunto que realmente nos importa. Estou muito satisfeita”, comemora.

Para o Guarda Municipal readaptado Osmar Leandro, o encontro foi bastante produtivo. “A reunião foi bastante esclarecedora, pois tiramos muitas duvidas sobre a nossa situação”, pontua.

Outra demanda apontada pelo Sindicato e pelos servidores é a questão da carga horária exercida pelos readaptados da Educação. De acordo com Walber Lins, a orientação é que os professores sigam o que determina o Estatuto e Plano de Carreira do Magistério Publico Municipal de Petrolina – EPCM – carga horária de trabalho de 6h -, em detrimento da Lei dos Readaptados que versa uma jornada de 8 horas. “Temos o compromisso do secretário de Educação que fará todos os esforços jurídicos para garantir esse direito. Caso não haja a possibilidade, o sindicato já está pronto para entrar na justiça e fazer valer o direito do professor readaptado”, sinaliza.

A servidora Mariza Novaes registrou o seu contentamento com a ação do Sindicato. “Parabéns! Há muito tempo não sentia o sentimento de ‘esperança’. Já é um começo”, finaliza.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana