Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
domingo, 24 de abril de 2016

Em resolução, PT diz que não haverá trégua com ‘governo ilegal e ilegítimo’

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) reuniu-se em São Paulo com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No evento, aprovou resolução em que reafirma que a aprovação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) é um golpe.

“A admissão do processo de impeachment pela Câmara dos Deputados representa um golpe contra a Constituição. Viola a legalidade democrática e abre caminho para o surgimento de um governo ilegítimo. Escancara, também, o caráter conservador, fundamentalista e fisiológico da maioria parlamentar eleita pelo peso do poder econômico e de negociatas impublicáveis”, afirma o documento.

No texto de Resolução Política, aprovado no encontro, o partido disse também que não haverá trégua a um governo ilegítimo e ilegal.

“O Partido dos Trabalhadores jogará todas as suas energias, em conjunto com os demais agrupamentos e movimentos democráticos, estimulando os Comitês pela Democracia e contra o Golpe. Em cada cidade e Estado, em cada local de trabalho e estudo, vamos nos mobilizar para deter a aventura golpista e defender a legalidade, exigindo que o Senado respeite a Constituição. Se a oposição de direita insistir na rota golpista, reafirmamos que não haverá trégua nem respeito frente a um governo ilegítimo e ilegal”, diz o texto.

A direção nacional aponta também que o governo precisa de uma reorganização no seu ministério. “É fundamental que o governo recomponha seu ministério com personalidades e representantes de grupos que estejam firmes e comprometidos com a luta democrática e antigolpista”, afirma.

Segundo Felipe Cury, dirigente do PT Recife, o que foi visto na votação do impeachment foi um circo de horrores. “Estamos vivendo um momento triste, indigno da nossa história libertária e democrática de Pernambuco e do Brasil. O povo trabalhador e pobre deste País ainda não sabe o quanto está perdendo e vai perder se o golpe parlamentar se consolidar. Se há alguma coisa boa neste processo, é que a população pôde ver a que baixo nível chegou a representação política na Câmara Federal, uma vergonha assistir aquele festival de irresponsabilidade, os deputados justificavam o voto por tudo, menos por seus eleitores, foram raras as exceções”, disse.

Ainda segundo Cury partidos e movimentos precisam estar juntos. Na resolução, o PT também reconhece e ressalta o apoio de legendas como o PCdoB, PSOL, PDT e PCO e dos movimentos sociais.BlogdaFolha

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana