Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sexta-feira, 13 de maio de 2016

Para deputado Miguel Coelho autoritarismo e falta de diálogo são características de Lossio

O deputado estadual Miguel Coelho lamentou o que chama de "reincidência na postura autoritária" do prefeito de Petrolina Júlio Lossio. O parlamentar se posicionou após ser criticado pelo gestor municipal por realizar uma audiência pública para discutir a desativação do abatedouro público da cidade. “É triste, nos tempos atuais, que um prefeito de uma cidade do tamanho de Petrolina ainda queira inibir e constranger a opinião de parlamentares e da sociedade como um todo. Ao condenar a realização de uma audiência pública sobre os problemas de saúde pública provocados pelo fechamento do matadouro, Lossio apenas repete sua prática de não aceitar críticas e não ouvir ninguém.”
 
O socialista lembrou que não apenas tem o direito de cidadão e representante popular para debater temas de interesse público, como ainda tem o papel institucional de presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural para promover a discussão sobre o funcionamento correto de abatedouros no estado. “O fato de liderar um colegiado relacionado a esse tipo de questão já me obrigaria a ter essa preocupação. Mas a questão maior é que sou representante da população de Petrolina e, ao contrário do prefeito que não sabe o que é diálogo, eu respeito os anseios da população. Se para Lóssio o matadouro é um problema resolvido, para o povo de Petrolina não é. A saúde da população e o trabalho de milhares de comerciantes, feirantes e marchantes estão em jogo”, resumiu o deputado.

Miguel ainda criticou a desinformação e negligência do prefeito sobre segurança pública. “Ele fala que eu deveria fazer audiência sobre a situação da segurança em nossa cidade, mas distorce os fatos de propósito. Participamos ativamente do debate promovido na Câmara de Vereadores, conversamos constantemente com o secretário de Defesa Social e com o governador sobre este assunto. Mas o problema é que o prefeito ignora totalmente suas responsabilidades nessa urgente questão. Um prefeito que joga apenas nas costas do Governo o problema da segurança não tem compromisso com a população. Mas isso não surpreende, porque tem sido assim sempre, quando não consegue resolver ele simplesmente joga o problema pra debaixo do tapete”, lamentou o deputado. Ascom

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana