Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
terça-feira, 26 de julho de 2016

Cerca de 300 atendimentos diários são realizados no Pronto Atendimento da UPAE/IMIP de Petrolina

Inaugurada em 29 de julho de 2013, pelo então governador Eduardo Campos, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE) que é administrada pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), já fez durante esses 3 anos de atividade mais de 260 mil atendimentos em sua urgência e emergência clínica, sendo em média 300 pacientes por dia.

O serviço prestado funciona 24 horas é classificado como de complexidade intermediária, ou seja, entre a atenção básica e a rede hospitalar, compondo com estas um sistema organizado de atenção à saúde.

A Unidade é porte I, possui 4 leitos para atendimento de emergência, 14 leitos para urgência e 1 leito de isolamento. Também dispõe de: recepção; salas de espera; 2 salas de classificação de risco; sala para pequenos procedimentos, medicação e nebulização; 3 consultórios de clínica médica; 1 consultório de urgências odontológicas; sala de raio x; posto de coleta do laboratório; farmácia e posto de enfermagem. Como apoio diagnóstico e terapêutico os pacientes contam com laboratório de patologia clínica de urgência, radiologia e eletrocardiograma.

“Essa estrutura faz com que tenhamos uma resolutividade de 97,57% dentro da própria Unidade. No período de julho de 2013 a dezembro de 2015, dos 55.707 pacientes classificados como vermelho e amarelo, que são passíveis de atendimento em instituições de maior complexidade, aconteceram apenas 1.355 remoções [2,43%]”, ressalta Magnilde.

Ainda segundo dados estatísticos, mais de 90% dos pacientes que chegam à UPAE residem em Petrolina e mais de 70% são classificados como verde. Os vermelhos correspondem a menos de 2% do total e os amarelos a cerca de 20%. Em média 6% das classificações são azuis [não urgentes]. Nesse último caso o paciente é encaminhado ao serviço social e contra referenciado de forma responsável para atenção básica. Ascom

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana