Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
terça-feira, 19 de julho de 2016

Família Coelho no mesmo palanque 34 anos depois

O grupo liderado pelo atual senador Fernando Bezerra Coelho anuncia oficialmente nesta quarta-feira (20) o fim da cisma política da família Coelho. Em entrevista coletiva convocada para 11h da manhã no Hotel Costa do Rio, o pré-candidato a prefeito de Petrolina Miguel Coelho (PSB), ao lado do atual deputado federal Guilherme Coelho (PSDB), deverão explicar a reaproximação da família nas disputas eleitorais.

A última vez que a família Coelho esteve no mesmo palanque, disputando uma eleição do mesmo lado foi em 1982, quando Osvaldo Coelho foi eleito deputado federal, Fernando Bezerra Coelho (FBC), então com apenas 25 anos, ganhou sua primeira eleição para deputado estadual e Augusto Coelho, foi eleito prefeito de Petrolina. Naquele ano a família contava com seu líder político mais proiminente, o então senador Nilo Coelho, que chegou a presidir o Congresso Nacional e faleceu em 1983.

Em 1986, na eleição seguinte Fernando Bezerra, apoiado pelo pai Paulo Coelho, decidiu disputar um mandato de deputado federal e assim inaugurou-se um racha na tradicional família petrolinense, com um tio e um sobrinho brigando pelos mesmos votos e apoiando diferentes candidatos a governador do estado.

A separação política se confirmou na eleição municipal de 1988, quando Guilherme Coelho disputou sua primeira eleição, apoiado pelo pai Osvaldo Coelho, enquanto FBC lançou Diniz Cavalcanti. A vitória foi do estreante Guilherme. Mas, em 1992, Fernando deu o troco, candidatando-se a prefeito e ganhando a eleição com pouco mais de 200 votos de diferença contra Henrique Cruz, o postulante lançado pelo grupo de Osvaldo.

E assim se seguiu, com Guilherme ganhando de novo em 1996, contra Diniz, mais uma vez o candidato de Fernando. Em 2000 e 2004, FBC conseguiu eleger-se prefeito, respectivamente derrotando Luiz Eduardo Coelho e do próprio tio Osvaldo Coelho.

Em 2008 e 2012, o atual prefeito Julio Lossio, com apoio de Osvaldo, ganhou a eleição contra os candidatos apresentados pelo partido de FBC, Gonzaga Patriota e Fernando Coelho Filho, respectivamente.

A divulgação da aliança é a oficialização do rompimento da aliança entre o atual prefeito  Lossio e o seu atual vice, Guilherme Coelho, que compartilharam a mesma chapa na última eleição.

Se Guilherme conseguir levar consigo boa parte dos votos que sempre acompanharam seu grupo político, que até a última eleição era liderado pelo saudoso Osvaldo Coelho, as consequências tendem a enfraquecer a candidatura de Edinaldo Lima referendada por Lossio e dá força ao jovem deputado estadual Miguel Coelho, quem tem no pai FBC seu principal incentivador.

É uma novidade importante para as eleições majoritárias de Petrolina em 2016.

Por Francisco Evangelista 

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana