Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
quinta-feira, 21 de julho de 2016

Odacy se mobiliza para evitar colapso no atendimento do Hospital Universitário de Petrolina

O deputado estadual Odacy Amorim, PT, pré-candidato a prefeito de Petrolina, recebeu na noite desta quarta-feira, 20, um telefonema do professor Kleber Morais, presidente da EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares) em resposta ao contato que o parlamentar havia feito mais cedo para tratar da situação do Hospital Universitário de Petrolina (HU, ex Hospital de Traumas). Durante o dia, Odacy vinha se mobilizando para evitar um colapso do atendimento de urgência e emergência do hospital, devido a iminência de demissão em massa de 23 médicos que estariam com seus contratos de prestação de serviço à unidade finalizando até o fim de semana.

“Falei da minha preocupação com a Urgência e Emergência do Hospital Universitário de Petrolina, pois se os contratos dos médicos não forem renovados até esse final de semana, serão 23 médicos demitidos e isso pode provocar um caos no hospital. O professor Kleber me falou que mais de 30 hospitais da EBSERH também estão com esse problema e que está sensível a essa situação”, assinalou o parlamentar.

Num vídeo postado em suas redes sociais, Odacy Amorim revela toda a sua preocupação com o HU e frisa que tem atuado fortemente, como integrante da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Pernambuco, no sentindo de buscar saídas para melhorar as condições de atendimento na principal emergência do interior do Nordeste.

“Estive há 15 dias numa reunião com a diretoria do HU que me passou esse problema do fim dos contratos. Entrei em contato com a assessoria do Ministro da Educação, Mendonça Filho, no mesmo dia e aguardei uma posição. Mas o prazo termina agora e volto a cobrar e acreditar na sensibilidade do ministro em resolver essa questão dos contratos dos médicos do HU. Estamos atentos”, assinalou Odacy.

Os recursos para o HU de Petrolina vêm através da Univasf que recebe do MEC e repassa para a EBSERH administrar a unidade.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana