Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Lista de Portas Abertas com os 50 países mais hostis aos cristãos em 2016, tem Coreia do Norte em 1º pelo 15º ano seguido

Clique na foto para ampliar
Publicada desde 1995 e atualizada anualmente, a Lista Mundial de Perseguição é elaborada pela ONG Portas Abertas Internacional, especificamente a Portas Abertas Holanda, com a auditoria das principais universidades da Europa, visando apontar os 50 países mais hostis ao cristianismo. A nova lista tem dados coletados de novembro de 2015 a outubro de 2016 e estima a existência de 215 milhões de cristãos perseguidos nos 50 países que compõem o documento. Veja o mapa completo abaixo ou Clique aqui e veja em pdf.

O documento considera a liberdade de fé em cinco esferas da vida do cristão perseguido: individualidade, família, comunidade, nação e igreja. Para a Portas Abertas, a perseguição aos cristãos ocorre quando são negados os direitos à liberdade religiosa; a conversão ao cristianismo é proibida por conta de ameaças vindas do governo ou de outros grupos da sociedade; cristãos são forçados a deixar suas casas ou empregos temerosos da violência que pode lhes sobrevir; cristãos são agredidos fisicamente ou mortos por causa de sua fé; há prisões, interrogatórios e, muitas vezes, torturas apenas pelo fato de haver recusa em negar a fé em Jesus Cristo.

Destaca-se na lista o fato de que a Coreia do Norte há 15 anos permanece no topo do ranking como pior país para um cristão viver. Estima-se que dos 300 mil cristãos do país ao menos 200 mil estejam presos em campos de trabalhos forçados. A Portas Abertas aponta ainda que cerca da metade dos 1,1 milhões de cristãos da Síria deixaram seu país devido a conflitos e perseguição religiosa. Também cerca de 2,1 milhões de nigerianos fugiram de suas casas por vários fatores, incluindo os ataques aos cristãos por parte dos jihadistas do Boko Haram. Na Ásia e no México, deslocamentos forçados também foram observados, quando os cristãos foram expulsos de suas aldeias por adotarem uma fé diferente da praticada pela maioria.

O trabalho da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE) apresentando relatórios sobre Liberdade Religiosa na América Latina, como frutos do trabalho feito na Organização dos Estados Americanos (OEA), também contribuiu para subsidiar informações latino-americanas do México e da Colômbia, que permanecem na lista.

Outros relatórios internacionais, a exemplo dos divulgados anualmente pela Comissão de Liberdade Religiosa Internacional dos Estados Unidos (USCIRF), também apontam há anos que o cristianismo é a religião mais perseguida do mundo. Anajure

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana