Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sábado, 28 de janeiro de 2017

Para ex-assessor de Lossio, Miguel, equipe de trabalho e bancada de apoio perderam credibilidade

Cauby Fernandes com o ex-candidato a prefeito Edinaldo
O que é credibilidade? É quando se diz e faz; prometeu, cumpriu. Palavra é compromisso; jamais, em tempo algum, prometa algo que você já tenha certeza que não vai cumprir. Quando você promete sabendo que não vai cumprir, sua força interna recebe os reflexos da dúvida, da incerteza, da insegurança.

Assim foi com Miguel Coelho, que na campanha de 2016, prometeu que não mexeria com a parte mais sensível dos petrolinenses, a geração de empregos. Petrolina sempre acreditou na família Coelho, até por que foram pioneiros na busca pelo desenvolvimento da cidade, claro que com a ajuda de outras famílias, que lutaram pelo desenvolvimento da cidade. Nunca jamais se ouviu coisas como as que a gestão Novo Tempo de Miguel está fazendo. Mal assumiu, e ja vai demitir mil funcionários...Nunca vimos isso!

Colocar a culpa das contas atrasadas no antecessor, é normal de todo prefeito que assume. Mas, demitir servidores em numero gritante, em apenas 28 dias de governo , merece estar no GUINNESS BOOK...Isso é recorde!

Esse movimento interno de não cumprir o que prometeu exerce uma pressão desnecessária dentro da gestão Novo tempo, que vai contabilizar direto no seu ponto de equilíbrio. Assim aconteceu com o caso das 3 mil funcionárias que estão ameaçadas de demissão em massa, no Programa Nova Semente.

Miguel Coelho, prometeu que não demitiria as funcionárias , já sabendo que não iria cumprir. Esse gesto formou um clima que vai trabalhar contrário à sua força politica. Muito mais grave ainda, prometeu-se para enganar, ou levar vantagens pessoais; enfim, por má-fé. Estelionato eleitoral, isso foi o que de verdade aconteceu

Credibilidade é você dizer modestamente o pouco que você pode fazer em qualquer circunstância, e, esse pouco cumprir. Se Miguel sabia que não ia cumprir, por que prometeu? Garantiu o compromisso que não tinha fundo de verdade.Seria bom, seria humano se ele tivesse a coragem de dizer: “Preciso de tempo para refletir, resolver pendências; ou ainda não posso fazer”.

Se ele viu que não ia cumprir dentro do prazo combinado, avisasse antes e rápido. Miguel teve vergonha de admitir: “Não dá, não posso, não vou conseguir”. Miguel pode até ter popularidade, mas a credibilidade foi para as cucuias! E pra recuperar credibilidade leva tempo, coisa que ele ainda tem.

O que não pode acontecer é você dizer: “Fulano, me desculpe por não ter cumprido nosso compromisso, você me perdoa?” Agindo assim, o prefeito que é tão novo, já começa muito mal seu governo e sua credibilidade vai para o espaço.

Por Cauby Fernandes

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana