Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
terça-feira, 31 de janeiro de 2017

UPAE/IMIP de Petrolina realizou mais de 100 mil atendimentos em 2016

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) se destaca na rede de saúde do estado pelo diferencial de sempre superar os desafios e dificuldades, mantendo a excelência na prestação de serviços aos pacientes. Em 2016 isso não foi diferente e essa constatação pode ser baseada tanto em números, como através de outros indicativos, a exemplo do índice de satisfação do usuário, estimado em 80% entre bom e excelente, através de pesquisa qualitativa feita pela ouvidoria.

Somente no ano passado foram registrados mais de 100 mil atendimentos (sendo 90.1 mil na urgência e emergência clínica, 6.5 mil na odontológica e 3.8 mil no serviço social), superando em todos os meses o número contratado de atendimentos médicos na urgência e emergência. Também nesse setor foram realizados 638 mil procedimentos, divididos entre os serviços de radiologia, laboratório, nebulização, eletrocardiograma, medicação, sutura e curativo.

Já no serviço de especialidades foram contabilizadas mais de 68 mil consultas, 10 mil atendimentos não médicos (serviço social, psicologia, nutrição, fonoaudiologia e enfermagem), 12 mil sessões de fisioterapia, 166 mil exames e mais de 6 mil cirurgias eletivas executadas nas especialidades: Geral, Vascular, Dermatológica, Oftalmológica, Otorrino, Urológica, Gastro e Proctológica.

Com relação ao perfil da Unidade, ratificou-se que o público maior, entre os sete municípios da VIII Regional de Saúde atendidos na UPAE, continua sendo o de Petrolina (57,06%); o percentual de casos verdes (pouco urgentes) recebidos no acolhimento da classificação de risco permanece em torno de 75%; a procura maior registrada tem sido pelas especialidades médicas de cardiologia, dermatologia, gastroenterologia, cirurgia geral e endocrinologia; e há uma demanda crescente pelas cirurgias gerais e oftalmológicas.

De uma forma geral, mesmo com menos de 4 anos de funcionamento, os avanços são muitos. A UPAE tem buscado sempre ampliar o seu atendimento e fazer parcerias, como a firmada em meados de julho com a Secretaria Estadual de Saúde e IV Macrorregional, que tornou a Unidade referência no trabalho de reabilitação e estimulação precoce de crianças com microcefalia; e dos novos exames oferecidos à população em 2016 (eletroneuromiografia, eletroencefalograma e BERA).

Além disso, a Unidade mantém o índice de infecção 20 vezes menor do que o preconizado pelas organizações de saúde; um trabalho intenso voltado à segurança do paciente (que agora conta com duas especialistas em Qualidade e Segurança no Cuidado ao Paciente, tituladas pelo Hospital Sírio Libanês); um Núcleo de Educação Permanente atuante e com campanhas realizadas durante todo o ano; e um setor de segurança do trabalho preocupado com a saúde dos colaboradores e que tem mantido a taxa de acidentes de trabalho sempre decrescente.

“A nossa avaliação é positiva, visto que, mesmo em meio à crise que o país passa, nós conseguimos manter o atendimento e o padrão, inclusive com o quadro de médicos completo, sendo este formado por 23 clínicos na urgência e emergência e 40 no serviço de especialidades. Firmamos parcerias, ampliamos a oferta de exames, e todos os outros índices foram favoráveis. Temos uma equipe muito comprometida e abnegada que torna essa superação fácil de ser alcançada. Todo o nosso empenho tem como objetivo final o bom atendimento e a satisfação do usuário. É para o paciente que nós trabalhamos”, destaca o coordenador médico da UPAE, Elson Marques.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana