Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
sábado, 18 de fevereiro de 2017

Líderes cristãos continuam desaparecidos há quase dois meses no Mianmar

Em Mianmar, o exército confirmou oficialmente o desaparecimento de quatro líderes cristãos de Kachin, estado que fica ao norte do país. Dois deles já foram encontrados e os outros dois continuam desaparecidos. Os dois que foram encontrados tiveram um encontro com Aung San Suu Kyi, conselheira de Estado e secretária-geral da Liga Nacional pela Democracia, no dia 15 de janeiro e depois sumiram. A reunião teve como tema a situação das minorias étnicas em Shan, outro estado birmanês.

Eles foram encontrados no dia 19 de janeiro. Langjaw Gam Seng e Dumdaw Nawng Lat estavam presos, de acordo com informações do HRW (Human Rights Watch – Observatório de Direitos Humanos). A libertação deles foi solicitada, mas ainda não há novas informações sobre o caso. Os outros dois estão desaparecidos desde o dia 24 de dezembro, depois de colaborarem com jornalistas e relatarem sobre um ataque do exército birmanês contra uma igreja. No caso desses, ninguém soube do paradeiro até agora.

"Infelizmente, o exército tem feito pouco para gerar confiança no país. Pelo contrário, a prisão dos dois líderes cristãos em Kachin aponta para uma tendência contínua de desconfiança. A liderança da igreja em Mianmar tem sido uma voz bem-vinda para os milhares de civis birmaneses, muitos deles cristãos, que foram deslocados pelos ataques contínuos, e agora, vivem em circunstâncias difíceis. Cerca de 4 mil pessoas já tentaram fugir pela fronteira na tentativa de chegar até a China, mas foram barrados pelas autoridades chinesas", conta um dos colaboradores da ONG Portas Abertas. Ore pela igreja em Mianmar.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana