Temusados

Temusados

Dirija Já

Dirija Já

Chaveiro 24h

Blog do Francisco Evangelista. Tecnologia do Blogger.
terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Prefeito Paulo Bomfim se reúne com Comissão de Produtores dos Perímetros Irrigados

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, se reuniu na manhã desta terça-feira, 21, com a Comissão dos Produtores dos Perímetros Irrigados de Maniçoba, Projetos Curaçá, Mandacaru e Tourão para tratar de demandas comuns às localidades, mas, principalmente, da renegociação das dívidas. O secretário de Governo, Clériston Andrade, e o Chefe de Gabinete, Vilmar Ferreira, participaram do encontro, que também contou com a presença do ex-prefeito Isaac Carvalho.

De acordo com o produtor rural do Projeto Curaçá NNH2, Josival Barbosa, o principal objetivo da reunião é buscar o apoio do poder público no sentido de agilizar a Lei 13340/2016, regulamentada pelo Decreto 8929/2016, que trata de negociação e liquidação das dívidas.

“A lei vence daqui a dez meses, no dia 30 de dezembro de 2017, mas o Banco do Nordeste (BNB) e Banco do Brasil (BB), ainda não conseguiram acelerar o processo. Somente na agência do BNB são em torno de 10 mil produtores, mas pouco mais de 300 viabilizaram a renegociação. O objetivo é buscar o entendimento com as instituições financeiras e disponibilizar mais funcionários, principalmente no BNB. Já o Banco do Brasil precisa estabelecer uma Normativa para atender aos produtores. Acreditamos que o prefeito, sua equipe e articulação política podem colaborar com este pleito, que é importante para a economia de Juazeiro e Vale do São Francisco”, declarou Josival Barbosa.

Após ouvir as demandas dos produtores, o prefeito Paulo Bomfim se colocou à disposição para colaborar com a classe. “Desde a gestão Isaac Carvalho, temos nos reunido com a Comissão para buscar saídas e solucionar esta situação. Através de articulação com os políticos que nos apoiam, como o deputado federal Daniel Almeida, tivemos êxito em algumas frentes, mas já percebemos que a solução vem de uma integração de forças. Ainda vamos procurar as instituições financeiras para que entendam o contexto da seca, da pouca vazão da barragem de Sobradinho e suas conseqüências na produção e na economia local e regional. Esperamos sensibilizá-los para que possamos dar um fôlego a este importante setor, que é base econômica em nossa região”, ressaltou o prefeito.

0 Comentários até agora. Qual sua opinião?:

Siga-nos no Google+

Fotos do Blog

Top 10 da semana